sexta-feira, 21 de abril de 2017

Galandum Galundaina em Abrantes - Report

Galandum Galundaina - 13 de Abril - Abrantes
Integrado no "Caminhos do Ferro", ciclo de programação cultural promovido pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, calhou, felizmente, a Abrantes o concerto dos Galandum Galundaina.
A Praça Raimundo Soares acolheu-os com menos gente que o desejado, mas os que estavam eram bons. Se dúvidas houvesse, a urgência de semear cultura e criar públicos na região, é deveras notória. Ainda bem que estes municípios se juntaram e decidiram por mãos à obra. Nascido que sou em Abrantes, o meu desejo é que ninguém desista de fazer algo por esta e pelas outras localidades "Médio Tejanas", pois elas precisam disto

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Anaquim na Fábrica das Ideias - Report

Anaquim - 7 de Abril
Fábrica das Ideias - Gafanha da Nazaré

Já não os via ao vivo há alguns anos, mas foi um verdadeiro prazer reencontrá-los em palco e logo no renovado Centro Cultural da Gafanha da Nazaré que se dá agora pelo nome de Fábrica das Ideias.
Com três álbuns e um EP editados e centenas de concertos por este país, estava mesmo a ver-se que iria ser um grande concerto.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Trêsporcento – Território Desconhecido


Há já muito tempo que o terceiro disco, é considerada a “prova de fogo” de qualquer banda, nem sempre a ele chegam e os casos em que nele se saem com distinção, são até um pouco raros. No caso de “Território Desconhecido” posso desde já dizer que os Trêsporcento passam esta prova com distinção.
 Seria muito mais fácil, continuarem a fazer mais do mesmo e, eventualmente, manterem quem já os admira, a segui-los. Mas o que eles fizeram, foi mandar essa “segurança às malvas" e arriscaram.

Agenda - 47 de Fevereiro no Auditório


Sexta-feira, dia 28 de Abril no Auditório do Mercado Negro às 22.30h
 Eles são:
El Killo; Capitão Moura; Roque Xandeiro; Sargento Zero; Capadócio
e prometem vir abanar o auditório com o seu som poderoso.
O primeiro avanço é este vídeo realizado pelo Augusto Lado e é um pequeno exemplo daquilo que vamos ver e ouvir:


Agenda - The Black Zebra no Auditório

Sábado, às 22.30h, para permitir que a malta veja a bola e possa vir ao concerto, os The Black Zebra vêm ao auditório da Associação Cultural Mercado Negro, apresentar o seu álbum de estreia.
O seu som é poderoso e quem não for ao concerto, vai arrepender-se.
Aqui fica uma pequena amostra da viagem que eles nos vão proporcionar:

Agenda - The Oafs no Auditório

Eles vêm de longe para nos encantar com a sua maravilhosa Indie-Pop.
O concerto vai começar às 22.30h e os bilhetes não são gratuitos.
Aqui fica um dos temas do seu álbum de estreia que eles nos vão apresentar na noite de sexta-feira


THE OAFS
The Oafs formaram-se em 2013 em Vila Franca, Viana do Castelo, como
resultado de uma combinação de diversos gostos musicais. Assumem-se
como uma banda Indie e Folk, através de 4 vozes e instrumentos como o
clarinete, percussão, baixo e guitarra.
“Oaf” caracteriza uma pessoa desajeitada. Com esta descrição o quarteto
pretende apelar à face mais descontraída de cada pessoa, a face que
permite que esta se liberte e aproveite a sua música.
Em finais de 2016 editaram o álbum “My Scars and Stories”, onde:
“contamos histórias e expomos as marcas, boas e más, que nos constroem
como pessoas. Contamos desabafos que nos saem da alma, nos acordam de
noite e nos obrigam a escrever”, revelam os elementos de The Oafs.
The Oafs são:
Eva Gomes: voz, guitarra e percussão
João Dias: guitarra e vozes
Afonso Carvalho: clarinete, percussão, vozes
Raul Carvalho: baixo e vozes

El Rupe – Suite 3,14



Quando a malha está lá, torna-se muito mais fácil escutar um disco do princípio ao fim. Aos primeiros acordes, entramos num espaço aleatório, extremamente sensorial e orgânico. Estamos perante o segundo longa duração da banda vimaranense e que grande disco este.
A viagem psicotrópica começa num Tropical Geometry e a coisa poderia ficar assim de bela, mas estes rapazes sabem criar a atmosfera por mais seis temas, perfazendo os sete do disco. Uma meia hora de uma fluidez tão aprazível, tão densa como mutante, tal e qual a primavera, que em  Guimarães se pode testemunhar.
Para ouvir em qualquer lugar, durante a noite, ou de dia, em viagem ou numa viagem. Suite 3,14, é tão especial, como um rebento de um poderoso trio que tanto tem para dar dar num futuro próximo.
O concerto de apresentação acontecerá na próxima sexta-feira, 28 de Abril, no Café Concerto do Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães.
Nota: Muito Bom

Westway Lab 2017 - Report

Westway Lab Festival 2017 - 8 de Abril
Texto e Fotos de Miguel Estima

Guimarães continua a ser um pólo catalisador de arte, e, nestes dias de Abril, acontece a cada ano o Westway Lab. Mais do que um festival, este evento é um encontro de músicos e de “gentes” ligadas à música.
Da longa semana de eventos, a minha escolha incide sempre no dia de fecho do certame. É o dia “forte” da programação do festival, com eventos de manhã à noite.
A novidade deste ano - os showcases do gigmit stage, passaram para a cidade, o que se provou ser uma excelente decisão.

6º Aniversário AJA Aveiro - Report

6º Aniversário AJA Aveiro - 1 de Abril
Auditório da Associação Cultural Mercado Negro

Seis anos a lutar pela memória de José Afonso em Aveiro, não é para todos, e ninguém mais do que os membros do Núcleo de Aveiro da AJA, estão de parabéns.
Para marcar a data trouxeram-nos o AP Braga abrir a noite e o Benjamim, acompanhado do António Vasconcelos, a fechar.

sábado, 8 de abril de 2017

The Twist Connection em Aveiro - Report

The Twist Connection – 25 de Março 
Auditório da Associação Cultural Mercado Negro 
Se há coisa que eu não gosto é de ouvir gente nova a dizer: “Ah e tal, dantes é que era bom…”, como se, de repente, todos sofressem de uma “Nostalgite Aguda”, daquelas em que o que era mau no passado se apaga e só nos vem à memória o que era bom.
É verdade que nunca esqueço o passado, pois dele tiro lições para viver melhor o dia a dia, mas importante mesmo é viver o Hoje.
Quem vive muito bem o seu Hoje, são os The Twist Connection, banda coimbrã - composta por Samuel Silva (The Jack Shits, Los Saguaros, Sonic Reverends) nas guitarras, Sérgio Cardoso (É´Mas Foice,Wray Gunn) no baixo e o inefável Carlos “Kaló” Mendes (Tédio Boys, Wray Gunn, Bunnyranch, Parkinsons) nas vozes e bateria – herdeiros de uma longa e bonita história na música portuguesa que nunca se consideram satisfeitos e seguem o seu percurso a criar música, como só eles sabem fazer.